Oração pelos Trabalhadores

Ó Pai, nós Vos louvamos
porque Vos revelastes como trabalhador,
criando, conservando a criação,
e chamando-nos para aperfeiçoá-la.
Vosso Filho e nosso irmão Jesus
também trabalhou com suas mãos,
sentiu a resistência da matéria,
o cansaço do corpo
e o suor do rosto.

Nós vos agradecemos pelo trabalho
que podemos fazer no campo e na cidade.
Por ele ganhamos o pão
para nós e para nossas famílias.

Olhai, ó Pai, para todos
que querem trabalhar e não podem.
Olhai para os desempregados,
os doentes, os idosos e os marginalizados.
Nós vos pedimos por todos aqueles
que criam possibilidades de trabalho.
Não os deixeis cair na tentação
do lucro injusto e da exploração.

Reforçai a solidariedade entre os trabalhadores
e fazei que sejamos solidários com eles.
Que nossos instrumentos de luta
pela dignidade do trabalho
ajudem a construir o bem de todos.

Dai-nos compreender
que nossos irmãos trabalhadores mais sofridos
formam o corpo crucificado do Senhor Jesus,
que grita e quer ressuscitar na fraternidade e na liberdade.
Nunca nos deixeis esquecer que,
pelo trabalho, ajudamos a construção do vosso Reino,
que já começa aqui na terra
e se completará com a vinda gloriosa do Senhor.

Tudo isso vos pedimos ó Pai,
que trabalhais desde toda a eternidade,
por vosso Filho e nosso Irmão Trabalhador,
na força do Espírito Santo.

Amen.

Email Envie Oração pelos Trabalhadores para seus amigos

Oração a Maria, nossa onipotente advogada

Dulcíssima Soberana, se é o vosso ofício interpor-Vos como medianeira entre Deus e os pecadores, dignai-Vos exercê-lo em meu favor. Não me digais que a minha causa é muito difícil de ganhar, porque sei, e todo o mundo o afirma, nunca uma causa, por desesperada que parecesse, se perdeu quando Vos teve por defensora: e só a minha correria risco? Não, não o temo.

Sem dúvida, se não considerasse senão a multidão de meus pecados, deveria temer que me recusásseis defender; mas quando penso na vossa imensa misericórdia, e no extremo desejo que anima o vosso maternal coração, de socorrer os pecadores mais sem esperança, todo o meu medo se esvai.

Quem é que já se perdeu, depois de ter recorrido a Vós? Chamo-Vos, pois, ao meu socorro, ó Maria, minha poderosa advogada, meu refúgio, minha esperança e minha Mãe. Às vossas mãos entrego a causa da minha salvação eterna; confio-Vos a minha alma: se ela está perdida, a Vós toca salvá-la.

Não cesso de dar graças ao Senhor pela confiança sem limites que me inspira em Vós, a qual, não obstante a minha indignidade, me dá segurança de salvação. Um só temor me aflige, ó minha amadíssima Rainha: é perder um dia pela minha negligência a confiança que tenho em Vós.

Suplico-vos pois, ó Maria, em nome do amor que tendes ao vosso dulcíssimo Jesus, conservai, aumentai em mim cada vez mais esta doce confiança na vossa intercessão; ela com certeza me fará redobrar a amizade de Deus, que tão loucamente desprezei e perdi no passado.

Uma vez recobrada esta amizade, espero conservá-la pelo vosso socorro, e conservando-a, chegar ao paraíso, onde terei a felicidade de Vos render graças e cantar as misericórdias de Deus e as vossas durante a eternidade.

Santo Afonso de Ligório

 Extraído do livro: “As mais belas orações a Nossa Senhora”. Ed. Artpress

 

 

Email Envie Oração a Maria, nossa onipotente advogada para seus amigos

Oração a São Vito, protetor dos epilépticos e das pessoas que sofrem dos nervos

Ó glorioso São Vito! Vós suportastes, com calma e serenidade, as ameaças e insultos do vosso próprio pai e as perseguições dos pagãos. Até nas torturas do martírio conservastes uma tranqüilidade imperturbável.

Olhai para mim, pobre servo e devoto vosso. Vede a que estado nervoso me reduziram o cansaço, o esgotamento, a ansiedade e a depressão.

A insônia me priva do descanso da noite. Qualquer contrariedade me irrita e me enerva. Palavras ríspidas e descaridosas me escapam da boca, contra a minha vontade. Por vezes os meus pensamentos se descontrolam e me torno incapaz de coordenar as minhas idéias. Até as minhas mãos se tornam trêmulas.

O desânimo, o amargor invadem todo o meu ser. A minha força de vontade enfraquecida não me ajuda mais. Toda esta situação me deixa prostrado, desanimado, aflito e incapaz de reagir diante das dificuldades e dos problemas que surgem na minha família, no meu trabalho e no convívio com as pessoas.

Querido São Vito! A vós recorro porque em vós eu vejo uma esperança para a minha saúde, uma luz para a minha vida. Sinto que a vossa proteção me reanima na minha fraqueza. De vós espero alívio na minha aflição, calma nos momentos de irritação, equilíbrio na perturbação, força de vontade para superar tudo o que é negativo. A vossa bênção me dará um pensamento positivo, paz, segurança, tranqüilidade.

Ó glorioso São Vito! Que vossa proteção faça reviver a minha esperança num Poder Superior. Que a vossa intercessão aumente a minha fé em Deus, Pai de amor; que fortaleça a minha confiança em Deus Filho e Salvador; que reanime a minha segurança em Deus, Espírito Santo Consolador.

São Vito, eu vos peço fortaleza no desânimo, luz na dúvida, clareza na confusão e calma nas contrariedades.

São Vito, São Vito! Socorrei um coração aflito!

Amém.

Extraído do livro: “Novenas para todas as necessidades”. Editora Artpress

Email Envie Oração a São Vito, protetor dos epilépticos e das pessoas que sofrem dos nervos para seus amigos

Com a tag , , |